segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Há quem não saiba.



Que gente infeliz. Que o seu caminho ganhe luz. E o que o meu seja imune a estes seres apagados.

Sem comentários:

Enviar um comentário